NHÁ CHICA – BAEPENDI (MG)

Este pacote será publicado em breve ou poderá ser solicitado a qualquer momento sob consulta individual

SOBRE  NHÁ CHICA

Filha e neta de escravos, Francisca de Paula de Jesus nasceu em 1810, no povoado de Santo antônio do rio das Mortes Pequeno, um dos atuais cinco distritos de São João Del Rei em Minas Gerais.  Pouco tempo depois sua família mudou-se para a cidade de Baependi, no sul deste estado, onde ela viveu até seu falecimento em 14 de Junho de 1895.  Francisca foi sepultada dia 18 de junho no interior da capela dedicada à Nossa Senhora da Conceição, mandada construir por ela.

Nhá Chica, ainda em vida, passou a ser aclamada pelo povo como a Santa de Baependi, por sua fé.

A sua beatificação, que veio com o reconhecimento do milagre da cura da professora Ana Lúcia Meirelles Leite, aconteceu no dia 4 de maio de 2013, em Baependi, em cerimônia presidida pelo prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, o cardeal Angelo Amato, representante da Santa Sé, que anunciou a data de 14 de junho como a festa litúrgica em memória de Nhá Chica. Desta forma, Nhá Chica se tornou a primeira leiga e negra brasileira a ser declarada beata pela Igreja Católica.

A Igreja guarda uma urna de vidro com os restos mortais da Santa e é visitada por milhares de fiéis de todo o mundo.